Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Restaurantes: Tipos e Conceitos

Diferentes estabelecimentos, cardápios e públicos!

Quem acompanha o blog já deve ter notado que a cada semana buscamos trazer assuntos dinâmicos que vão ao encontro de todas as áreas da gastronomia.

Áreas que se reinventam, inovam, se fortalecem e se expandem. Neste post, vamos falar de estilos de restaurantes, suas principais características e quais devem ser seus diferenciais.

Para abrir um estabelecimento gastronômico, é necessário mais do que investir em equipamentos e utensílios.

É preciso conhecer as diferentes tipologias de restaurantes. 

Afinal, um restaurante não é apenas um estabelecimento onde as pessoas vão comer: é um local que deve também encantar o cliente por seu estilo, sua proposta, seu atendimento e, é claro, por sua comida.

Investir em um tipo específico de restaurante é uma forma de se adaptar à concorrência do mercado, aproveitando para encontrar novos caminhos e novas soluções.

Mesmo que haja alguma semelhança entre alguns desses tipos de restaurantes, os clientes que buscam estes estabelecimentos e suas características mudam, assim como a dos restaurantes e seus cardápios.

Ou seja: há potencial para explorar diferentes tipos de gastronomia em diferentes mercados. Em tempos de crise, isso é uma forma de se diferenciar e conquistar mais clientes.

Confira a lista com os principais tipos de restaurantes

Bistrô

O bistrô é um dos estilos de restaurantes surgido na França. É pequeno e despretensioso, e valoriza a interação individualizada entre os clientes e o dono.

Pelo conceito, não há um cardápio fixo (ele é sazonal), pois os pratos são feitos de acordo com os ingredientes da época ou disponíveis no mercado.

Alguns possuem um ar mais sofisticado, mas sem perder a essência do relacionamento personalizado.

Brasserie

A Brasserie é outra das tipologias de restaurantes da França, embora haja influência alemã.

É um tipo de restaurante mais informal, que costuma vender bebidas como chopp, e muitas vezes há música ao vivo com bandas locais.

Não é um estilo tão frequente no Brasil.

Bufê

Conceito que vem desde a Idade Média, ainda hoje continua sendo uma das escolhas mais populares para muitos clientes.

Nele, cada item da refeição é escolhido ou servido pelo próprio consumidor, que possui a liberdade de decidir entre as variedades de pratos que o estabelecimento oferece.

Café, Cafeteria ou Coffee Shop

Os cafés tiveram origem na Europa, e esse é um dos estilos de restaurantes frequentemente associados à França.

São conhecidos por terem uma atmosfera casual e sem pressa. Muitas vezes, possuem mesas ao ar livre.

Uma cafeteria nem sempre oferece serviço de mesa; por vezes, os clientes fazem o pedido no balcão e o levam até a sua mesa.

Em geral, coffee shops oferecem outros produtos como diferentes tipos de café, café espresso, pastelarias e sanduíches, mas, às vezes, um café pode ter algumas características de bistrô, ou seja, oferecer refeições completas.

Cantina

Geralmente, a cantina é um dos tipos de restaurantes associados à gastronomia italiana, embora seja possível encontrar cantinas com outros conceitos culinários.

Costuma ser um ambiente mais informal e familiar, em que são preparados pratos de qualidade em porções maiores, que podem servir três ou até mesmo mais pessoas.

Clássico

Como o nome já diz, esse é um modelo clássico de restaurante. Costuma ser elegante e fino, com preços um pouco mais altos do que os tipos mais comuns.

Em geral, o cardápio oferece pratos clássicos da culinária mundial. Possui mão de obra especializada e serviço mais requintado.

Comfort Food

O nome vem do inglês e, em tradução literal, significa "comida confortável", ou seja, que remete a aconchego.

Esse tipo de estabelecimento costuma oferecer preparações que remetem ao passado, associando aromas e sabores a uma sentimento de segurança emocional.

É uma tendência cada vez mais em voga, que estimula as boas memórias e dá destaque a pratos que têm valor pessoal agregado.

Cozinha Autoral

Esse tipo de estabelecimento tem como característica ter um grande chef ou nome, que cria pratos personalizados.

Em geral, seu modelo é o de "menu de confiança", em que os clientes comem as sugestões preparadas pelo chef que, por sua vez, espera a opinião sobre suas preparações.

Muitas vezes, não é voltado à nenhuma gastronomia específica (de algum país, por exemplo), mas sim ao estilo de cada chef.

Paga-se um valor alto pela refeição e, por isso, o público é geralmente de alto poder aquisitivo, e busca por diferenciação e status.

Considera-se que são restaurantes "de grife".

Estilo Familiar ou Jantar Casual

Estabelecimento que busca manter um clima de “jantar em família”, oferecendo serviços de mesa e pratos com preços moderados.

Sua principal característica é misturar pratos clássicos com molhos gourmets e outras iguarias.

Fast Food

Atualmente é o tipo de estabelecimento mais popular do mundo.

Atua com um rápido serviço de comida, conveniência e preços acessíveis.

O seu maior público são os jovens, mas conquista frequentemente diferentes públicos devido à sua praticidade.

Food Truck

A grande tendência popular são os restaurantes de “caminhões de alimentos” móveis.

Estes conseguem atingir um grande público com alimentos de baixo custo.

A sua mobilidade faz com que consigam estar em diversos locais, encontrando e atraindo públicos por onde passam.

Grill

É uma espécie de churrascaria mais sofisticada.

O cardápio costuma incluir também carnes silvestres, coelho, frango, frutos do mar, javali, peixes etc., que quase sempre são preparados assados ou grelhados.

Normalmente esse tipo de restaurante tem um bufê de acompanhamentos, frios e sobremesas para oferecer mais variedade aos clientes.

O cardápio pode ser tanto à la carte quanto rodízio.

Hamburgueria

Estabelecimento cujo carro-chefe é o hambúrguer.

Pode agregar mais de um estilo, como hamburgueria e comfort food, hamburgueria e fast food, hamburgueria e food truck etc.

Normalmente são mais descolados e descontraídos, e frequentados por pessoas mais jovens.

Internacional

São restaurantes mais comuns em hotéis e locais badalados, e cujo cardápio possui pratos internacionalmente conhecidos.

Em geral, são preparações de diversos países e que seguem receitas clássicas, e não há muito espaço para inovações.

Alguns exemplos de pratos servidos nesse tipo de restaurante: creme de aspargos, linguado à belle meunière, steak au poivre etc.

Jantar Fino

Restaurante que mantém a elegância, o luxo e a sofisticação do ambiente em harmonia com belos pratos gourmets.

Busca ser único, oferecendo ao cliente o melhor serviço, a melhor comida e a melhor recepção.

Isso justifica o alto custo na hora de o cliente de pagar a conta.

Popular

São os restaurantes que alimentam um grande número de pessoas, frequentemente conhecidos como "bandejão".

Muitas vezes possuem uma nutricionista a serviço para acompanhar a produção dos alimentos e o teor nutricional.

Costumam aceitar vale-refeição e tickets.

São muito comuns em empresas, escolas, hospitais, universidades etc.

Pop Up

Uma tendência que desembarca no Brasil a passos lentos, mas que já está presente no dia a dia de muitos países da Europa.

O conceito se originou nas décadas de 1960 e 1970, e hoje possui muitas abordagens e funções diferentes.

A ideia é possibilitar a montagem de restaurantes em locais improváveis, funcionando por um curto período de tempo e proporcionando uma experiência única ao consumidor.

São diversos os lugares onde este tipo de estabelecimento pode “surgir”: fábricas abandonadas, armazéns, residências, edifícios e muito mais, basta ser criativo.

O lado mais positivo do restaurante pop-up é o investimento mínimo de tempo e dinheiro para o empreendedor.

Pub

Pubs são conhecidos por sua atmosfera descontraída, seu ambiente mais escuro e por mesclarem a oferta de comida com a de bebidas, em especial cerveja.

Oferecem tanto refeições completas quanto aperitivos.

Muitas vezes, a gastronomia possui uma influência inglesa, com pratos como o fish’n’chips, mas também pode ter outros tipos de culinária.

Rápido e Casual

Diferentemente dos Fast Food, oferecem uma culinária mais sofisticada, trabalhando com pratos gourmets e ingredientes orgânicos.

Suas cozinhas são completas e normalmente ficam abertas para receber visitas de clientes, e estes podem ver os seus pedidos sendo preparados.

Rede de restaurantes

Podem ou não ser restaurantes de fast food. Em geral, são franquias, e cada loja oferece basicamente o mesmo cardápio que as outras, não permitindo muitas mudanças nas preparações ou mesmo na ambientação e na identidade visual.

Alguns exemplos: Bob’s, Giraffas, Habib’s, McDonald’s, Montana Grill, Subway, Viena etc.

Típico

São aqueles cujo cardápio é de uma comida típica de determinado estado ou região (baiana, gaúcha, mineira etc.) ou país (árabe, chinesa, tailandesa, mexicana etc.).

Há restaurantes típicos que oferecem a comida mais tradicional, sem muitas mudanças, e aqueles que servem o que se chama de fusion food, que mistura mais de um tipo de gastronomia.

Exemplo: restaurantes que oferecem culinária portuguesa e espanhola, seja a fusão dessas duas gastronomias em um mesmo prato ou possuem ambas as culinárias no cardápio.

Tradicional

Restaurantes tradicionais são estabelecimentos cujo cardápio não costuma mudar, seguindo uma tradição da cidade ou da região na qual estão inseridos.

Exemplo: restaurantes de frutos do mar, restaurante de comida tropeira etc.

Estes foram alguns exemplos de restaurantes e estabelecimentos comerciais gastronômicos e suas ramificações.

O segmento gastronômico é vasto e ainda tem muito a ser explorado.

Aos que enxergam oportunidades em tempos difíceis, este é um dos melhores setores a se investir.

Pense nisso!

Se você estiver mais avançado no planejamento do seu restaurante e já pensa em quais produtos seriam necessários para abrir o seu empreendimento, clique no link abaixo:

Lista: Equipamentos para Cozinhas Industriais

Considerações Finais

Esperamos que com esse artigo você possa levar em consideração os vários pontos positivos e negativos das diferentes tipografias de restaurantes, escolher qual é o melhor dos estilos de restaurantes para você e com isso tomar a decisão mais acertada para o seu negócio.

Caso você tenha mais alguma dúvida que não tenha sido respondida neste artigo, não hesite em nos questionar nos comentários. 🙂

E não deixe de visitar o site da Loja Brazil e se inscrever em nossa newsletter para ficar por dentro das novidades e tendências do setor da gastronomia.