Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Para que serve o Procedimento Operacional Padrão (POP) no seu restaurante?

Se o seu restaurante ficar sem seus principais profissionais na equipe, como manter o mesmo padrão no cardápio? Com o POP é possível. Veja como!

Pensemos na seguinte situação. Se um estabelecimento gastronômico ficasse sem seus principais profissionais na equipe, como manter o mesmo padrão no cardápio que já é a marca registrada do seu negócio? Padronizar os processos do seu estabelecimento para que não ocorram tais situações, é possível com o POP. Quer saber mais? Vamos te mostrar!

O que é um POP?

O Procedimento Operacional Padrão – POP, é um documento de instruções e descrições de atividades que determinam uma rotina, um passo a passo ou atividade do dia a dia, pertinente ao estabelecimento.

É importante ressaltar que, cada POP é específico para uma determinada tarefa, sendo assim, cada aplicação requer o desenvolvimento de um POP próprio.

No POP, a descrição das atividades deve ser feita de maneira minuciosa, para que então, o processo possa ser seguido com as instruções necessárias, do contrário a ferramenta se tornará limitada.

Este documento, pode abranger fluxogramas, checklists e instruções e deve passar por uma revisão periodicamente para suprir e adequar a realidade de uma empresa e do mercado.

Benefícios do POP

Este documento tem como objetivo principal a padronização dos processos e pode ser utilizado para auxiliar na execução de tarefas diárias, manutenção, utilização dos equipamentos entre outras aplicações.

Em um estabelecimento gastronômico, por exemplo, o chefe cria um POP, definindo cada ingrediente e maneira de fazer, possibilitando um cardápio seguro e otimizando o tempo do preparo se descrito corretamente.

Desta forma, podemos dizer que entre os benefícios do POP estão:

  • 1 Padronização para diversos procedimentos;
  • 2 Otimização do tempo;
  • 3 Sistematização dos processos;
  • 4 Garantia de qualidade;
  • 5 Viabilidade na capacitação dos colaboradores;
  • 6 Redução de falhas de comunicação e acidentes.

Por que investir em um POP?

A cadeia produtiva de uma organização é composta por uma série de processos muitas vezes relacionados, e a qualidade com que essas atividades são realizadas afeta diretamente os resultados alcançados.

Assim, em poucas palavras, podemos dizer que os POPs determinam o que, como, por quem e quando cada atividade deve ser feita, minimizando assim as chances de desvio e falha, e mantendo os padrões de qualidade.

Desta forma, criar um documento descritivo ajuda os gestores a prever eventuais problemas e emergências, criando um padrão de comportamento para que cada processo seja feito da melhor maneira possível.

1 Modelo do Procedimento Operacional Padrão

O POP deve ser escrito em linguagem que seja compreensível por todos os colaboradores: os mais indicados são modelos com passo a passo e checklist, quanto mais intuitivo, mais perto de atingir o resultado o POP estará.

  • Checklist: é um modelo bem simples, onde você estabelece uma lista de atividades que devem ser feitas, e assim que alguém executa a tarefa, deve colocar um “V” de verificação.
  • Vantagens: fácil de seguir, rápido de montar, interpretação clara.
  • Desvantagens: não permite muitos detalhes, não permite pontos de decisão.

  • Fluxograma: nesse modelo todo o processo tem representação através de símbolos, tais símbolos podem indicar toda uma variedade de coisas – um processo, um documento ou decisões a tomar. O fluxograma ilustra as etapas, sequências e decisões de um processo ou fluxo de trabalho.
  • Vantagens: fácil de seguir, sequência lógica de construção, permite visualizar pontos de decisão facilmente.
  • Desvantagens: exige mais tempo e habilidade para sua confecção, não permite muitos detalhes.

2 Preparação do Procedimento Operacional Padrão

Na etapa da preparação do documento, é importante organizar uma reunião com todos os envolvidos na atividade a ser documentada. O ideal é que o POP seja escrito por quem desenvolve a atividade, com supervisão dos gestores/diretores e responsáveis pelo processo. Se realizado de maneira multidisciplinar, ou seja, com uma equipe responsável pelo processo, a mesma equipe deverá documentá-la.

imagem blog pop no restaurante 793 x 305 px - Para que serve o Procedimento Operacional Padrão (POP) no seu restaurante?

O ponto mais relevante durante a preparação do documento é que as informações devem ser claras o suficiente para que uma pessoa com conhecimento básico do processo possa realizá-lo sem supervisão. Afinal, é o principal objetivo ao se padronizar um processo.

3 Revisão e aprovação do POP

É imprescindível que o documento seja revisado por pessoas que tenham conhecimento do processo. Isso faz com que haja uma probabilidade maior de que os dados documentados e os resultados esperados sejam atendidos.

Uma dica importante, é testar o documento por alguém diferente, que desenvolva a atividade garantindo que o entendimento de todo o processo ficou claro para todos e que o objetivo alcançado foi o proposto inicialmente.

Para finalizar, o documento deve passar pela aprovação da área responsável da empresa, e a assinatura no documento significará que esse teve revisão e aprovação.

Para ter bons resultados, é imprescindível, assim como elaborar um POP, saber como organizar a cozinha do seu estabelecimento. Isso é fundamental para manter a ordem, qualidade e evitar problemas.

A cozinha industrial, é um ambiente delicado que requer muito planejamento, o espaço destinado aos processos de fornecimento de refeições, precisa de equipamentos de qualidade, como mesas e bancadas em aço inox, estantes e prateleiras inox, pias aço inox entre outros.

Gostou do conteúdo? Já está na hora de padronizar alguns processos no seu estabelecimento, não é mesmo? Visite o site da Loja Brazil (clicando no botão abaixo), são mais de 10 anos como referência em Equipamentos Comerciais e Industriais. Siga-nos também nas redes sociais!

Site Loja Brazil