Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Iluminação diferenciada e música em restaurantes: dicas de quando e como utilizar

Assim como a decoração, o cardápio e o atendimento, a iluminação e a música são detalhes determinantes na construção do ambiente do seu restaurante, influenciando diretamente na experiência gastronômica que o cliente terá no seu estabelecimento ...

Assim como a decoração, o cardápio e o atendimento, a iluminação e a música são detalhes determinantes na construção do ambiente do seu restaurante, influenciando diretamente na experiência gastronômica que o cliente terá no seu estabelecimento – portanto, saber como e de que maneira usá-los é essencial e pode ser o diferencial que está faltando para deixar seu espaço ainda mais charmoso e acolhedor para o público. Vamos entender a melhor maneira de usá-los para deixar seu empreendimento ainda mais atrativo?

No que diz respeito à iluminação, além de ter a capacidade de atrair as pessoas para o local, esse componente também pode influenciar o tempo de permanência delas – a depender da intensidade, tonalidade das cores, entre outros fatores, que podem torná-la mais ou menos convidativa. A iluminação, para além de cumprir sua função básica, tem a capacidade de transformar a atmosfera do ambiente, tornando um mesmo espaço versátil e capaz de contemplar diferentes momentos e situações.

Pensando nisso, é muito importante ter em mente qual é a identidade do seu restaurante e a proposta que ele quer passar para o público – a iluminação, assim como todo o resto do planejamento do seu restaurante, precisa estar coerente com a proposta do seu estabelecimento. Por exemplo: se seu restaurante trabalha com comida à la carte e a sua intenção é fazer com que o público permaneça o maior tempo possível consumindo nele, uma decoração sofisticada, acompanhada de uma iluminação trabalhada e intimista fará com que o local seja mais aconchegante e que, assim, seu cliente permaneça mais tempo lá, uma vez que uma iluminação diferenciada favorece a conversação e a intimidade. Diferentemente seria, em contrapartida, no sistema fast food, em que prioriza-se a rapidez e praticidade: nesses locais, os ambientes costumam ter iluminação clean.

Por outro lado, tão importante quanto ter um local bem iluminado, de acordo com a proposta do estabelecimento, é ter uma ambientação musical que combine com esse espaço – decoração e som caminham juntos, e devem estar sempre combinados. Saber em que momento e de que forma fazer uso de músicas e sons também é muito importante para o sucesso do seu estabelecimento: assim como foi dito na iluminação, o mesmo vale para o som – a filosofia e proposta do restaurante é que vão determinar as escolhas musicais. E estas, claro, devem estar alinhadas à iluminação escolhida – o ambiente do restaurante é uma construção que deve sempre funcionar em perfeita harmonia. Dessa forma, no exemplo anterior de um restaurante à la carte, com decoração sofisticada e iluminação intimista, é coerente optar por um fundo musical ambiente – calmo e romântico – que combine com a proposta do momento, enquanto em ambientes mais abertos e iluminados uma música mais alta e alegre seria o mais recomendável. Outra maneira de entender o estilo musical certo para seu negócio é conhecer bem seu cliente: a faixa etária do seu público pode ser um facilitador nas escolhas musicais.

Esteja sempre atento: iluminação e música podem revolucionar o ambiente de seu estabelecimento. Tenha sempre em mente que os dois, principalmente combinados, são verdadeiros indutores de espírito, capazes de alterar o humor e modificar comportamentos: dessa forma, use-os sempre a favor do seu negócio.

Não deixe de seguir a Loja Brazil nas redes Sociais! 🙂