Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Feiras gastronômicas: uma excelente oportunidade para se destacar

Se você tem um estabelecimento gastronômico, é muito importante - para não dizer necessário - prestar sempre atenção a novas possibilidades para atrair seu público-alvo e divulgar sua marca.

Se você tem um estabelecimento gastronômico, é muito importante – para não dizer necessário – prestar sempre atenção a novas possibilidades para atrair seu público-alvo e divulgar sua marca.

Nesse sentido, as feiras gastronômicas podem ser uma excelente escolha para o seu estabelecimento ser mais visto e lembrado pelo público. Contudo, nem sempre é fácil saber com antecedência onde e quando ocorrerá esse tipo de evento, e nem o que é preciso para participar e como se preparar.

E, obviamente, tudo isso precisa ser planejado com cuidado para que a sua participação nesse tipo de evento traga benefícios para o seu estabelecimento.

Pensando nisso, neste artigo vamos falar sobre como encontrar e se preparar para feiras gastronômicas, e como fazer para ter vantagens com esse tipo de evento.

Boa leitura!

Como eu encontro feiras gastronômicas na minha cidade?

O primeiro passo é ficar atento aos eventos mais conhecidos da sua cidade. Por exemplo, em Blumenau, Santa Catarina, um dos eventos mais tradicionais é a Oktoberfest. Já em São Paulo, uma das atrações do calendário da cidade é o Tanabata Matsuri, o Festival das Estrelas.

Com certeza eles oferecem oportunidades para que seu estabelecimento gastronômico possa participar de alguma forma – procure o site da prefeitura de sua cidade e busque mais informações sobre os editais para esse tipo de evento.

Se você não achar nenhum evento com o qual o seu estabelecimento se identifique, talvez possa procurar outro tipo de atração, como feiras etílicas, como de vinho ou de cerveja, que também vendem alimentos, ou feiras gastronômicas mais específicas, como aquelas voltadas para food trucks ou para um tipo de alimento específico, como hambúrgueres.

Pense em outros tipos de eventos que não estejam necessariamente relacionados à comida, como shows, feiras culturais, apresentações de circo, festivais etc. Não tenha receio de perguntar se os organizadores se interessam pelo seu produto.

Por último, mas igualmente importante, é interessante buscar no Google ou em redes sociais sobre eventos que estejam acontecendo em sua cidade: muitas vezes, há feiras "informais" que só são divulgadas por esse tipo de canal.

Como escolher a feira gastronômica ideal para o meu tipo de estabelecimento?

Se você encontrou algumas alternativas, agora é hora de escolher em quais delas você investirá. Mas como fazer isso?

Primeiro, pare e reflita: quem é o público desse evento? Ele está relacionado ao público-alvo do seu estabelecimento? Se a resposta for sim, já é um bom indício de que você deve participar. Se não, talvez não seja uma boa ideia.

Em segundo lugar, pergunte-se: é o momento certo de participar? Você tem condição de investir tempo, dinheiro e recursos no evento? Se sim, vá em frente. Se não, é melhor deixar para outro momento.

Em terceiro, defina quais são os seus objetivos e analise se a feira gastronômica poderá ajudar você a alcançá-los. Por exemplo, se seu objetivo for divulgar sua marca, tenha certeza de que poderá expor materiais de divulgação, como flyers e placas, ou pegar o contato de possíveis clientes.

Depois, confira se o evento tem uma boa reputação. Não adianta investir nele se tiver um longo histórico de insatisfação por parte do público ou dos feirantes, como problemas estruturais ou baixo número de participantes. Fique atento aos números das edições anteriores.

Avalie também quanto precisará gastar e se esses gastos são compatíveis com o que você pode investir no momento. 

Caso haja uma comissão avaliadora, também é importante saber quem são os responsáveis, e quais são os critérios para a escolha dos estabelecimentos que participarão da feira gastronômica.

Como meu restaurante pode participar de feiras gastronômicas?

Cada feira gastronômica tem um processo diferente de participação: enquanto algumas só precisam de inscrição, para outras é preciso pagar taxas. Existem ainda algumas que possuem uma comissão que julga quais estabelecimentos podem ou não participar.

Geralmente, esses últimos exigem que os candidatos apresentem algum tipo de produto ou amostra do que levarão para o evento – e muitas vezes julgam de acordo com a qualidade e com a compatibilidade com a feira.

Há também aqueles em que a participação depende da ordem de inscrição: ou seja, quanto mais cedo você souber do evento, mais chances terá de participar. Por isso, é essencial prestar atenção ao calendário da sua cidade.

O mais importante, porém, é estar atento às instruções e condições que permitem a participação e, caso fique com dúvidas, falar com a organização.

Sempre se organize com antecedência, a fim de conseguir tudo o que precisa, como alvarás, matérias-primas para o seu produto e a infraestrutura necessária.

Como posso me destacar nesse tipo de evento?

Embora feiras gastronômicas costumem ter espaço para diversos tipos de estabelecimento, não se pode negar que há concorrência entre eles. Sendo assim, é fundamental investir com sabedoria para se destacar.

Começando pela infraestrutura, que tal investir em uma tenda (ou food truck, se for o caso) com o nome da sua marca, logo e algumas informações sobre o que você está vendendo? Invista em um visual interessante e chamativo, que se destaque em meio aos outros.

No entanto, talvez o mais importante para se destacar seja fazer a escolha certa das comidas que vai servir no evento. Feiras gastronômicas nem sempre são para testar coisas novas – se não agradar o público, você pode sair no prejuízo.

Então, vale a pena escolher os pratos mais populares do seu estabelecimento, e também aqueles que não sejam muito difíceis de fazer ou de comer – afinal, tudo isso influenciará no seu sucesso junto ao público.

Se seu estabelecimento fica em uma cidade pequena ou onde não acontecem muitas feiras gastronômicas, considere se vale a pena ir até outras cidades para participar do evento. Muitas vezes, pode parecer muito trabalho, mas estar em grandes atrações em cidades como Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo pode trazer visibilidade e clientes para você.

Gostou do nosso conteúdo? Então visite o site da Loja Brazil e se inscreva em nossa newsletter para ficar por dentro das novidades e tendências do setor da gastronomia!