Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Dicas de Programas de incentivo ao empreendedorismo.

Empreender é o sonho de muitas pessoas, mas para embarcar no mundo do empreendedorismo é necessário muito mais do que coragem, requer planejamento em detalhes além de muita disciplina e persistência.

Empreender é o sonho de muitas pessoas, mas para embarcar no mundo do empreendedorismo é necessário muito mais do que coragem, requer planejamento em detalhes além de muita disciplina e persistência.

Muitas são as oportunidades e possibilidades quando se pensa em empreendedorismo, ganhando destaque, por exemplo, as chamadas startups e anjos investidores, cada vez mais em voga – isto é, empreender nunca esteve tão em alta como no momento atual, não obstante à difícil situação econômica que estamos enfrentando devido à pandemia da COVID-19.

E, para facilitar essa decisão de empreender, que na maioria das vezes não é fácil, já existem diversas iniciativas e programadas de incentivo ao empreendedorismo, tanto no âmbito público (nas esferas municipal, estadual e federal) quanto no âmbito privado. Estar atento às possibilidades é um primeiro passo para se dar bem no mundo do empreendedorismo. Além disso, alguns cursos de graduação e outros profissionalizantes já adotam o empreendedorismo como disciplina em suas grades curriculares, além dos vários cursos livres existentes cujo foco é justamente à temática do empreendedorismo e estratégias para sua aplicação, sendo facilmente encontrados e de acesso amplo a todo tipo de público.

Apenas a título de exemplo, incentivos fiscais, incentivos de capacitação e feiras de negócio estão em ampla expansão no Brasil. Tais programas têm a nobre missão de proporcionar que grandes ideias se transformem em negócios rentáveis e sejam escaláveis, gerando mais oportunidades de empregos e, consequentemente, movimentando a economia do país.

Todas as áreas de mercado estão em crescimento e vêm sendo procuradas, mas destaca-se como tendência para o momento às áreas voltadas para saúde, tecnologia e educação. Segundo a Época Negócios: “baixas taxas de juros e maior liquidez no mercado internacional deve resultar em um aumento do capital disponível para financiar novos negócios”. Conforme preconizam pesquisas e instituições voltadas para o tema, a despeito da crise que estamos enfrentando, o momento nunca esteve tão propício à criação de novos negócios, afinal, toda crise deve ser encarada como sinônimo de oportunidade.

Dessa forma, é chegado o momento de estudar e se capacitar, fazer um bom planejamento e construir um plano de negócios sólidos para aproveitar as oportunidades de financiamentos especiais e auxílios destinados aos futuros empresários do Brasil.