Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Cardápios restritivos – Como introduzi-los em seu restaurante

Sabe-se que muito tem se falado a respeito de restrições, alergias e intolerâncias alimentares. Junto a tudo isso vem crescendo, também, a conscientização por uma alimentação mais saudável e balanceada. Se antes era normal não encontrar opções especiais em um cardápio, hoje o estabelecimento que não oferece opções substitutivas a determinados grupos alimentares fica para trás na corrida por um posicionamento perante a concorrência.

Sabe-se que muito tem se falado a respeito de restrições, alergias e intolerâncias alimentares. Junto a tudo isso vem crescendo, também, a conscientização por uma alimentação mais saudável e balanceada. Se antes era normal não encontrar opções especiais em um cardápio, hoje o estabelecimento que não oferece opções substitutivas a determinados grupos alimentares fica para trás na corrida por um posicionamento perante a concorrência.

Faz-se então muito necessário que o restaurante esteja sempre se atualizando e reinventado, sem, contudo, perder a sua identidade.

Para introduzir opções restritivas em seu menu é preciso planejamento. Antes de mais nada, deve-se definir qual o tipo de público que o restaurante quer alcançar. Após definida essa questão, é hora de partir para a escolha dos novos pratos – um bom nutricionista pode ser um grande aliado nesta escolha. Pense nos insumos, nos temperos e no modo de preparo: quanto mais natural, maiores as chances de agradar e validar o produto. Para quem está iniciando, duas a três opções especiais já são o suficiente para agradar a clientela, segue umas dicas do nosso blog com Pratos Vegetarianos ou Opões para Celíacos.

Com a definição dos pratos vem a otimização dos processos, criar uma ficha técnica para cada menu facilita a manter o padrão dentro da cozinha, além de que ter o passo a passo e as quantidades de cada ingredientes anotadas auxilia na economia na hora de fazer as compras necessárias, diminuindo ainda as chances de que os funcionários se atrapalhem ou se percam na hora de explicar e preparar os mesmos.  Processos bem definidos são chaves para o sucesso.

Processos estabelecidos, é chegada a hora de pôr os novos menus em teste. Avalie a aceitação dos novos pratos, comece ofertando menores quantidades e aumente a produção de acordo com a demanda. Faça pesquisa de satisfação e mantenha o relacionamento com seu público, a opinião do seu cliente será sempre primordial na hora da tomada de decisões.

Na hora de oferecer a opção restritiva ao seu cliente seja claro e objetivo, sempre deixando transparente a relação de ingredientes utilizadas no preparo do mesmo, a confiança no estabelecimento é um grande diferencial neste momento.

Um cardápio mais saudável é tendência e veio para ficar, as pessoas estão cada vez mais dispostas a pagar mais caro por uma boa refeição, pois entenderam a importância de se alimentar bem.

Proporcionar opções de cardápios restritivos ao seu cliente é mais do que oferecer alimentos diferenciados, é proporcionar uma verdadeira boa experiência, uma vez que quem sofre com restrições alimentares nem sempre consegue comer bem fora de casa.  Por essa razão aderir ao menu especial aumentará o seu público e te colocará um passo à frente nesse mercado tão competitivo, agregando valor e acessibilidade ao seu restaurante.

Faça parte dessa crescente que se preocupa cada vez mais com a saúde, se planeje, estude, siga as dicas e se prepare para receber cada vez mais pessoas em seu estabelecimento.

Dica de ouro: Deixe seu cardápio ainda mais especial incluindo nele a opção de leitura em braille, uma maneira inclusiva e que garante a acessibilidade de muitos.

Gostou desse texto? Para ficar por dentro das novidades e tendências do setor da gastronomia, acesse o site da Loja Brazil e inscreva-se na nossa newsletter!