Compartilhe, , Google Plus, Pinterest,

Imprimir

Postado em:

Alimento funcional – ervas e especiarias

Estimulam a destoxificação, melhoram a imunidade e previnem as mais diversas desordens.

É uma tendência cada vez maior do ramo alimentício aliar alta gastronomia com saúde, elaborando pratos que, além de saborosos e prazerosos, utilizem ingredientes frescos, naturais e funcionais em sua composição.

Alimento funcional

É todo aquele que, além de suas funções nutricionais básicas, oferece algum benefício adicional à saúde, como ser um antioxidante, por exemplo. Dentro desse grupo de alimentos, podemos citar alguns que são usados há séculos por nossos antepassados, tanto com o intuito de amenizar ou curar doenças, quanto para realçar o sabor dos mais diversos tipos de preparações: são as ervas e especiarias.

Uma pitada desses ingredientes pode despertar os sentidos e proporcionar uma viagem gastronômica, ao mesmo tempo em que estimula a destoxificação, melhora a imunidade e previne as mais diversas desordens.
Conheça um pouco mais desses verdadeiros remédios que a natureza proporciona e aprenda como utiliza-los no dia a dia:

temperos

* Alecrim: além de estimular o foco e a concentração, tem ação digestiva, reparando a mucosa gástrica e auxiliando na secreção de ácido clorídrico. Combina muito bem com carnes, especialmente de cordeiro, molhos, batatas e alguns pães, como a focaccia;

* Alho: fortalece o sistema imune por ser um antibiótico natural, prevenindo infecções por fungos, vírus e bactérias. Auxilia na destoxificação hepática e é um ótimo aliado no controle da pressão arterial. É um tempero democrático e combina bem com tudo, desde legumes refogados até frutos do mar;

* Cúrcuma (açafrão da terra): o mais poderoso antioxidante e anticancerígeno, combate os radicais livres e os danos ao DNA. Combina com batatas, frango, peixes e também com arroz;

* Orégano: ação antifúngica e digestiva. Ideal para adicionar em molhos de tomate e preparações a base de queijos;

* Gengibre: vasodilatador e anti-inflamatório, é também um termogênico natural e auxilia na melhora dos enjoos na gestação. Muito usado em molhos, preparações orientais, sucos e alguns tipos de carnes;

* Pimenta: contém capsaicína, o que lhe confere um poder vasodilatador, melhorando a circulação sanguínea e tornando-se um potente termogênico. Pode ser usada para realçar o sabor da maioria das preparações, contanto que seja utilizada com cuidado conforme a tolerância e o tipo de pimenta escolhida.

* Canela: anti-inflamatória e antioxidante, melhora a captação de glicose e a sensibilidade à insulina. Excelente no preparo de doces, frutas assadas e compotas.

Lembre-se que grande parte desses temperos podem ser plantados em casa em pequenos vasos ou hortas, trazendo assim a garantia de sustentabilidade e de um alimento orgânico cultivado por você mesmo!

Nutricionista Maria Gabriela Rech

Maria Gabriela Rech – Nutricionista
Pós graduada em Nutrição Clínica Funcional
CRN2 12410
Contato: gabihrech@gmail.com